O cara gastou R$ 152 mil em cirurgias plásticas para se tornar um alienígena assexual

Vinny planeja retirar os órgãos sexuais | Reprodução/Instagram(vinnyohh)

Um americano de 22 anos já gastou o equivalente a R$ 152 mil em cirurgias plásticas para se tornar um "alienígena assexual". Vinny Ohh, de Los Angeles (Califórnia, EUA), agora planeja remover sua genitália, os mamilos e o umbigo.

O maquiador e modelo diz não ser homem nem mulher e que o seu visual reflete a forma como se sente por dentro, contou reportagem do "Mirror".

Vinny começou a transformação aos 17 anos, com preeenchimento labial. Depois, fez plásticas no nariz e mudou as formas das bochechas e dos supercílios. Ao todo, já foram mais de 110 procedimentos estéticos.

Para completar o visual extraterrestre (na concepção dele), o americano usa lentes de contato negras, garras alienígenas postiças e cores vibrantes no cabelo.

Para remover a genitália, o umbigo e os mamilos, Vinny terá que desembolsar mais R$ 500 mil.
Um alienígena na concepção do americano da Califórnia | Reprodução/Instagram(vinnyohh)

"Eu quero ser uma criatura alienígena assexual. Quero que a minha aparência reflita o que sou por dentro", disse Vinny. "Quero ser híbrido, nem masculino, nem feminino. Eu gosto de um look marciano", acrescentou.
Vinny ainda terá que gastar mais R$ 500 mil para completar a transformação em 'ET' | Reprodução/Instagram(vinnyohh)
O americano trabalha como modelo e maquiador | Reprodução/Instagram(vinnyohh)

Vinny: 'Quero ser híbrido' | Reprodução/Instagram(vinnyohh)
_____________________________________________________________________________________________________________

VOCÊ CUIDA BEM DA SUA SAÚDE?


- Praticar atividades físicas: a prática regular de atividade física ajuda no controle do peso, da pressão arterial, dos níveis de glicemia, colesterol e triglicérides, a diminuir o nível de estresse e de ansiedade, entre outros benefícios.

O recomendado é que pratique uma atividade física por pelo menos 30 minutos, todos os dias. Mas lembre-se sempre de fazer uma avaliação médica antes de começar e tenha orientação de um educador físico.

- Consultar sempre o médico: é importante manter uma regularidade nas consultas que faz ao seu médico, pelo menos uma vez por ano para fazer os exames de rotina.

Patologias como diabetes, hipertensão, colesterol e triglicérides elevados muitas vezes não apresentam sintomas e podem ser facilmente detectadas em consultas de rotina.

Para as mulheres, a consulta regular ao ginecologista também é importante, principalmente para a prevenção de câncer de mama e de colo do útero.

- Cuidar da alimentação: ter uma alimentação saudável e balanceada, assim como a prática regular de atividade física, ajuda na prevenção de diversas doenças.

Alguns hábitos básicos podem fazer toda diferença: diminuir o consumo de gordura, sal e alimentos industrializados, bebidas alcoólicas, doces e refrigerantes.

Comer diariamente verduras, legumes, frutas, cereais integrais, beber em média 2 litros de água por dia, não ficar muitas horas sem se alimentar.

- Dormir bem: em longo prazo, as noites mal dormidas, podem contribuir para o aumento de peso, para o surgimento de hipertensão, depressão, afetam seu humor causando irritabilidade e ansiedade.

- Diminuir o estresse: como já dissemos anteriormente, praticar atividades físicas regularmente e ter boas noites de sono, ajuda a diminuir os níveis de estresse.

Mas é importante também ter momentos de lazer, que te tragam prazer e bem estar.

Um passeio ou uma viagem com a família, ler um bom livro, escutar música, passear com seu cachorro, brincar com seus filhos, sair para jantar ou dançar com os amigos. Enfim, programas que deem prazer e te faça "sair" um pouco fora da rotina muitas vezes estressante do seu dia a dia.